Empresas associadas participarão do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Industrial

 

 

Na tarde de ontem (12), aconteceu no auditório da URI – Erechim a entrega oficial das vias dos contratos das empresas participantes do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Industrial, uma parceria entre a Universidade Regional Integrada (URI – Campus Erechim) e a Unindústria. Este ato fez parte do lançamento do III Congresso Internacional de Gestão, Tecnologia e Inovação (CONIGTI), que acontece de 2 a 8 de outubro, e engloba três áreas do conhecimento: Engenharia e Ciência da Computação, Ciências Exatas e da Terra e Ciências Sociais Aplicadas. 

A proposta do programa é utilizar o conhecimento da universidade para o desenvolvimento da indústria e encontrar soluções para pequenos desafios, para avançar no desenvolvimento. Estarão participando, portanto, as empresas associadas Wtec, Pili Hidráulicos, Brastelha e PlaxMetal.

Na oportunidade, o diretor presidente da Unindústria, Walmir Badalotti, representando as quatro associadas, fez uso da palavra destacando que a academia é um grande elo para que as empresas possam adquirir conhecimento. “O mercado competitivo ao qual estamos inseridos é muito exigente. Todos os dias, enfrentamos um novo desafio e a inovação vem ao nosso encontro. Por isso, entendemos ser de extrema importância esta parceria em que temos a oportunidade de fazer com o que o tema inovação possa, de fato, acontecer, dentro das empresas. Sabemos o quanto é difícil inovar, pois as vezes ficamos preocupados com as demandas do dia a dia. Entendo, então, que a área do conhecimento é o que faz a diferença dentro de uma empresa. Estamos felizes em fazer parte deste projeto”, frisou Badalotti.

Entre as propostas de trabalho do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Industrial está a criação de grupos de interação e relacionamento entre os pesquisadores e a empresa, a fim de se discutir melhorias de curto, médio e longo prazo; discutir e implementar trabalhos pontuais de melhoria e/ou de serviços técnicos/análises, na primeira etapa do programa; discutir e formatar planos de melhorias, que seriam objeto de inovações incrementais e/ou radicais e, com os planos formatados, discutir conjuntamente a origem dos recursos para fazer frente a execução dos projetos, podendo ser das empresas, da Universidade e de fontes externas.

 

Compartilhe

Receba nossas novidades